Terça-feira, 23 de Agosto de 2005

.::Metamorfoses::. (X)

         … Abraçaram-se! Fiquei estupefacto, perante o que via! Aquela troca de carinhos não era de simples amigos mas sim do género de namorados, estava patente uma grande cumplicidade no seu tocar e no seu beijar.


Desci do muro, tentando fazer com que não me vissem e fui para dentro de casa, logo depois o João, entra em casa:


         - Boa noite! – diz ele.


 


         Eu nem reagi, nunca tive nada contra os homossexuais mas, vendo bem, não estava preparado para ver dois homens a se beijar. É esquisito, como podem eles beijar alguém do mesmo sexo. ERGHHHH!!! Nem quero pensar!


         E sabia que o João escondia alguma coisa, o modo como ele olha é bem diferente, principalmente no modo como olho os homens. Já sei o que vou fazer para ver se descubro mais, vou fazer uma festa de verão hoje.


 


         - Bem pessoal, tive uma ideia e têm todos que alinhar!


         - Sim, diz! – Dizem eles.


         - Vamos ter, cá em casa, uma festa de verão. Assim com muita música, muita dança, a nossa loucura natural e um pouco de bebidas e sumos!


        


Como todos acharam boa ideia, começamos a organizar. Dividimo-nos por grupos os rapazes trataram de organizar o bar e as raparigas a parte da música.


Foi uma noite demais, como fiquei a tomar conta do bar pude tomar controlo de tudo o que se passava na festa. Fazia uns “shakes” com umas misturas do momento, shot’s e umas vodka’s, não me podia esquecer da Márcia, não pode beber por causa dos comprimidos eu próprio fiz os sumos para ela, até que se divertiu bastante e só lhe faz bem.


O João passou parte da noite sentado no bar, por vezes sentia-me incomodado, o olhar dele por vezes emanava desejo e não conseguia enfrentá-lo com um outro olhar. Bem começou a dar uma música que todos adoram e estão todos a dançar (menos eu que continuo no bar, tomo uma outra bebida, é melhor tomar cuidado já bebi que dá) e nem ligam a nada, o João entra para o bar e colocasse atrás de mim, toca-me nas costas e dá-me uma massagem, até que soube bem no entanto veio-me à cabeça o que vi lá fora e afastei-me um pouco.


 


- Dás-me uma bebida – diz-me ele.


- Sim, que queres?


- O que me queres dar? … quer dizer o que quiseres dar.


Tenho que admitir que realmente incomoda um pouco, pode parecer meio mal e que sou preconceituoso e eu não sou.


Preparo-lhe uma bebida bem fresca e doce, ele toma um pouco e gosta:


- Está bom… - Pisca-me o olho.


 


O pessoal estava cansado, e foram todos dormir, fiquei até mais tarde, bem mais tarde, fiquei a arrumar o que fizemos para no dia seguinte estar tudo pronto. Decido ir tomar um duche. Tiro a roupa e abro a água quente, um bom banho ia livrar-me deste cansaço e da cabeça meia zonza das bebidas que bebi.


Quando estou a tomar banho, alguém toca-me, que me apanha de sobressalto.


(…)

publicado por R.M. às 22:54
link do post | favorito
De HLDER DURO a 28 de Agosto de 2005 às 20:02
Quando desconfiamos de alguma coisa, fazemos de tudo para as nossas desconfianças acabarem por ali e, por vezes, ficamos chocados com as descobertas que fazemos.
Acho que tanto os hetero como os homosexuais têm os mesmos direitos. Pode parecer estranho vermos duas pessoas do mesmo a beijarem-se ou acarinharem-se (especialmente no caso dos rapazes) mas temos de aceitar essas diferenças e respeitar os gostos e preferências sexuais de cada um!
Se as atitudes do João para contigo te incomodam, fala com ele, com jeito, e explica-lhe isso!
Um abraço!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds