Sábado, 19 de Março de 2005

Até Nunca mais...

Tudo tem um começo, e tudo tem um fim! Parece uma ideia parva e muito básica mas nem tudo o que parece é!


Tudo começou no dia em que nos conhecemos... como recordo aquele dia. Ainda me lembro como fixei-te os olhos. Os teus olhos são castanhos, uma cor banal, mas são lindos. Quando estão abertos é como que se as portas da tua alma se abrissem e espelhassem aquilo que sentes! No momento em que os nossos olhares se cruzaram não existiu tempo para falas, os nossos olhares silenciosos tiveram a oportunidade de dizer tudo o que queriamos ouvir.


 


Tivemos todo o tempo do mundo a nossos pés mas...


Mas...


Mas eu não soube aproveitar...


Burro, Burro, Burro... Mil vezes burro e todas estas vezes não bastam!


Num acto típico de adolescente, deixei de ter todo o tempo necessário para despender numa relação mas não deixei de amar.


Foi a gota de água e na altura nem um passo para alterar as coisas se eu fiz, acomodei-me à situação que não queria.


Passaram-se cerca de dois anos, as nossas vidas nunca mais cruzaram. Dava tudo para que pudesse ler estas tristes e amarguradas palavras e que percebesse que ainda hoje mantenho acessa dentro de mim a chama que a cada dia me consome.


Não percebes!? Continuo ainda à tua espera! Posso ter conhecido muitas pessoas e enfrentado muitos problemas sem a tua ajuda. Mas decidi que queria, se possível passar muitos dias da minha vida dividindo a minha vida contigo...


Será que vou a tempo!? Isso ninguém sabe!!! Só mesmo tu mas tu lês as minhas palavras que só fazem sentido para quem ama.


Foste o meu grande amor mas agora não há volta a dar, a asneira está feita, portanto...


...Até nunca mais.

publicado por R.M. às 23:48
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub