Segunda-feira, 14 de Novembro de 2005

(Re)Escrever o Verbo Amar

sozinho.jpg


           


         Hoje, abro o livro da minha vida, infelizmente foi só hoje! Depois da ultima folha, que muito deixei em branco, escrevi, pouco mais do que meia página. Meia página que muito se tem para contar mas que incrivelmente me prende ao que anteriormente se passou. Debruço-me sobre o livro e é impossível conter as lágrimas, que caem sobre a última página apagando o que ali se passou.


         Não sinto nada, é incrível. Parece que tudo o que foi apagado, de nada tinha interesse, excepto as duas últimas linhas, que insisto em juntar ao espaço da folha anterior. Num espaço em que o verbo AMAR se escrevia, na sua mais bonita forma, no presente, sei que tudo o que está para trás já mudou, o tempo encarregasse de o escrever no tempo do Passado. Com muito esforço e persistência, vou apagar um a um desses verbos e vou torná-los parte do nosso dia-a-dia.


         Mas era tão bom que os verbos se pudessem conjugar simplesmente no singular. O meu querer tem que ser o teu querer, caso contrário fico sem poder escrever a história da minha vida, porque vivo um presente que não existe, se não estiveres, aqui a meu lado.


 


 


         [Cheguei a um limite, um limite de mim próprio, que nunca pensei atingir. Tenho-me mostrado com alguma coerência, sempre seguindo a linha da minha razão. Mas neste momento, e de um dia para o outro, com a certeza que perdi alguém que sentia algo ainda, mas que a minha teimosia não me deixou aperceber, perco a razão e a dor que está cá dentro, parece que sou facas que me passam a alma.


         Sinto que se não consigo, por mim próprio, mudar os verbos que constituem a NOSSA vida, não consigo escrever mais uma letra para ela.


         O meu Blog, faz parte da minha vida! E é chorando e com uma imensa dor que digo o que julgava estar distante, não um adeus mas um até já!


Prometo que farei com que esta partida, seja breve! E sempre que puder passo aqui, deixo novidades e visito o cantinho de vocês que tanto adoro.


         Tenho que estar bem, só preciso de um tempo!


         Até Breve, minha companhia!]

publicado por R.M. às 15:56
link do post | comentar | favorito
|
34 comentários:
De bitu a 19 de Novembro de 2005 às 00:00
Lindas as tuas palavras. Gosto muito do teu cantinho. bj e bom fds


De Pozinhos de Perlimpimpim a 18 de Novembro de 2005 às 21:24
Obrigada meu anjo, pelas tuas palavras, não pude deixar de voltar a escrever-te para te dizer que o amor é assim, não se percebe, não é para se entender, é um estado de quem se sente, é uma verdade, é a nossa alma a desatar os laços que a atrofiam, é uma magia, é uma ilusão bonita que não faz mal, é um desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga e não compreende. Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. É sinal de amor puro não se perceber, amar e não se ter, querer e não guardar a esperança, doer sem ficar magoado, viver sozinho, triste, mas mais acompanhado do que quem vive feliz. Ama-se alguém, e quando não está por perto quem se ama, é o nosso amor, o amor que se lhe tem que nos acompanha, ama-se alguém por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente, que seja, não se pode resistir. Só o amor pode fazer valer uma vida e apenas o coração guardará para sempre o que se nos escapa das mãos. Vai em frente, abre caminho pelos céus, tu tens asas...não tenhas medo da queda :) Beijos Mágicos


De Liyitah a 18 de Novembro de 2005 às 10:14
Tenho a pequena ideia que não viste esse meu comentário!!! :"Oiii!!! Olha...vim avisar que houve um erro no concurso...=X Não...não ficaste sem o 1º lugar...é todo teu e bem mereciduh...=) Só me enganei no mês em que és destaque no meu blog...disse Dezembro mas é em Novembro...ou seja...neste momento és destaque =P loool Bem...quanto à cena do template...faz assim...adiciona esse meu mail no msn se tiveres!!!Depois falamos tá!? Beijão...e PARABENS =D **************"
Se viste e se não queres aceitar o destque ou outra coisa qualquer avisa...
Porque até tive o cuidado de te vir avisar e de te querer ajudar com aquela cena dos templates =X =(
Se houver algum problema fala!!!
Fica bem****


De Moreninho a 18 de Novembro de 2005 às 01:49
Vai amigo anjo.
Voa cm as tuas asas para o infinito e busca pelo pedaço k falta de ti.
Um pedaço k ficou em silencio,adormecido e k com a visualisação da pessoa em causa,Submergiram os sentimentos k nutres por ele.
Como eu te compreendo pois tmb eu ha uns dias atras tive uma recaida e das grandes,jurei a mim proprio k nunca mais deitava uma unica lagrima por essa tal pessoa mas fui dar por mim,no meio da rua, sentado numas escadas de umas galerias a olhar para a lua e a chorar ao som da musica do james blunt. Goodbye my lover k simplesmente diz tudo o k eu sinto e tudo o k se passa comigo.
Mas é uma coisa impossivel logo tnh k voltar a levantar-me.
E é o k tens k fazer mas nao antes sem lutares.
Luta pelo k keres,luta por o k um dia ja te pertençeu.
Um até breve faz bem pois pensamos nas coisas.
E as vezes encontramos soluçoes outras nao.
vai...
voa bem alto...
Mas volta depressa pois todos iremos sentir a tua falta...
Um abraço enorme amigo...


De ferrus a 17 de Novembro de 2005 às 20:27
Pois então boa viagem! Leva um mapa e uma bússula na mochila da serenidade e percorre teu caminho com um sorriso na alma de molde a evitar que o norte te fuja. Um abraço!


De sara a 17 de Novembro de 2005 às 16:26
Quem me dera ter a tua coragem para apenas deixar... Apenas deixar o tempo dicidir...
Mas também sou teimosa e acho que tudo vai mudar e presisto. Mas acho que é em vão ...
Para Amar um não basta.
Mas temos que ter a certeza e lutar por quem amamos.
Um abraço
Sara


De *Katarina* a 17 de Novembro de 2005 às 14:21
Força!
E até breve! =)


De Isa a 17 de Novembro de 2005 às 11:56
Anjinho, muita força! ficamos à tua espera!

Beijinhos


De luckyhousegirl a 17 de Novembro de 2005 às 10:42
hello, i'm an italian girl..i found your blog looking around..and it's absolutely wonderful, i love the way you have created it, i like the sound you choised for it, i like colours, words, photographs.
i have to say congratulations, i will pass here again absolutely.
have a good day!
elena ;)


De Rapariga Perdida a 16 de Novembro de 2005 às 21:25
entendo-te perfeitamente... e entendo tambem essa necessidad ede tempo para te encontrares. boa sorte e força!!! n nos abandones durante mto tempo!! adoro o teu cantinho!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds