Sexta-feira, 19 de Agosto de 2005

.::Metamorfoses::. (VIII)

         Não podia acreditar que alguém pudesse fazer o que os meus olhos viam.


Os braços da Márcia esvaiam-se, em sangue. Horrível!!! Não sabia que fazia, decidi sair dali mas manter-me alerta ao estado dela. Passados cerca trinta minutos ela passou, e foi para o quarto.


         Fiquei ainda um pouco na sala a dar voltas ao assunto, porque é que a Márcia fez aquilo? Não é normal.


 


         A noite passou e acordei cedo, a Márcia já estava na cozinha, estávamos sozinho, achei o momento ideal para falarmos:


         - Olá Márcia! Tudo bem?


         - Sim está tudo!


         - Desculpa estar a tocar no assunto mas … ontem à noite eu vi-te no muro.


 


A Márcia ficou alertada, posso dizer que entrou num ligeiro clima de pânico, a tensão no nosso diálogo aumentou.


 


- Sim, eu gosto de ficar um pouco na rua à noite a pensar!


- A pensar? Ouve, sei que tens algum problema e quero-te dizer que podes contar comigo, mesmo me conhecendo a apenas dois dias!


- Estás parvo, comigo está tudo bem!


- Não faças de mim parvo, não me atires areia para os olhos! Se eu me ofereci para ajudar, podes confiar. – Levantei-me da cadeira e ia sair, já todo chateado.


- Espera … eu preciso de falar!


- Bom dia!!! – Chegou a Rute, interrompendo-nos a conversa.


 


         Não acredito nisto, no momento em que ia saber o que se passava com ela a Rute tinha que chegar. Tal como ela desceram todos.


 


         A Márcia saiu da mesa e foi para o quarto, pouco depois vou até ao seu quarto:


         - Posso entrar?


         - Um momento só, vou trocar de camisola! …Já podes.


         - Podemos falar agora, se quiseres.


         - Quero, preciso mesmo! Ontem à noite viste alguma coisa?


         - Sim vi – Nesse instante levanto-lhe os braços da camisola, para elucidar-lhe do que tinha visto, ela baixou os olhos. – Porque fazes isso?


         - Não sei…


         - Toda a gente faz alguma coisa por alguma razão.


         - Sim mas só dou por mim depois de já estar feito, eu não tenho noção do que estou a fazer no momento, é um modo que eu tenho de descomprimir tudo o que me vai lá dentro…


         - Mas porquê?


         - Eu sofro de…


(…)

publicado por R.M. às 22:45
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De HLDER DURO a 29 de Agosto de 2005 às 01:59
Isto está a ficar mesmo interessante!
Um abraço!


De Margarida a 21 de Agosto de 2005 às 16:56
Foste muito simpático, deixas-te o primeiro comentário do meu bloguito.
Agora vim ler-te, e ver-te coisa que não estava á espera, e não é que tens mesmo cara de anjo!, com bochechinhas sorridentes e tudo.
Gostei do que li, um dia volto com mais tempo, vais ficar nos "Favoritos".
Para que te lembres de mim: http://oblogdagui.blogs.sapo.pt
Fica bem, Bjs, Margarida


De mocho a 21 de Agosto de 2005 às 05:25
A escrever dessa maneira, é um vício vir aqui e saber o que se vai passar no post seguinte. Apanhaste-me quando foi do resultado do exame da sida. Pensei que se tratasse de uma preocupação real mas agora acho que são escritos de um autor que ainda pode dar que falar por aí. Fica bem e ... para quando o próximo post?


De Bite For Delight a 20 de Agosto de 2005 às 20:09
É preciso mta força..e mta coragem..bjocas


De ana a 20 de Agosto de 2005 às 18:41
olá vim fazer uma visitinha e adorei...a musica e espero ter ganho as minhas asas..bjux.


De katinha a 20 de Agosto de 2005 às 04:36
Ola! Bem ... enkontrei o teu blog numa peskisa k fiz sobre a musika 'chegar a ti'... olha fikei simplesmente maravilhada e gostaria bastante de kriar um blog nao sei é kom... tlvz me pudesses dizer komo... deixo-te o meu mail para k kaso keiras me possas rsp. Apaesar de nao eskrever tao bem komo tu e outras pessoas das kuais vi os blogs.. akredita k tambem tenho uma imaginaçao fertil e um a vida demasiadamente atribulada... lol. Fiko a espera!Jinhux e kontinua... nem penses em parar pk eu venho visitar-te!


De -=|(/)|=- a 20 de Agosto de 2005 às 01:59
puxa! mal posso esperar pa saber o resto! quando postares o proximo capitulo diz-me alguma coisa! xinhux fofux


De maggie a 19 de Agosto de 2005 às 23:00
Oh migo, tinhas de fazer dela uma sofredora e pêras... pois é pessoas como ela precisam de ajuda ou talvez no caso dela precise "apenas" de um porto de abrigo... ( para quem disse que não estava inspirado ui ui). Beijão e cá te espero.


De Miss-Devil a 19 de Agosto de 2005 às 22:55
ola!
essa inspiraçao, vou-te contar...
infelizmente a doença da márcia é real e existe pessoas k sofrem e so é diagnosticado por vezes tarde demais pk xegam a deixar marcas irrecuperaveis.
espero pelo proximo capitulo
jokas


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds