Terça-feira, 18 de Outubro de 2005

Não há fuga


         Não há fuga, sinto-me fechado entre quatro paredes nem janelas, só uma porta tão pequena que nem sei como por ali passei. Vejo uma luz debaixo da porta, é forte, aproximo-me e sinto um ar fresco, vindo de lá de fora.


         Ouço passos, será que me vêm buscar? Não, passaram sempre. Ouço muito burburinho lá fora, é inquietante.


         Decido então bater na porta e pedir socorro mas quando lá chego simplesmente perco as forças e quando tento gritar, não me saem palavras por aquela boca seca.


 


         Agarro numa folha de um bloco de apontamento e num lápis e decido escrever, é algo que me faz soltar e talvez me dê força para conquistar a minha liberdade, neste mundo. O pior é que não consigo, não consigo escrever! Já não me consigo expressar naqueles páginas mas não vou desistir, vou lutar até ao fim porque é a escrever que ganho asas e a força que preciso para bater asas, derrubar esta porta e sair voando deste frio mundo de quatro paredes…Não há (outra) fuga!!!

publicado por R.M. às 00:52
link do post | comentar | favorito
|
29 comentários:
De Maria Papoila a 18 de Outubro de 2005 às 22:11
Ao ler as tuas palavras ve imediato me recordei de um poema de Luís Veiga Leitão, A UMA BICICLETA DESENHADA NA CELA: Nesta parede que me veste/da cabeça aos pés inteira,/bem hajas, companheira,/ as viagens que me deste./ Aqui,/ onde o dia é mal nascido,/ jamais me cansou/ o rumo que deixou/ o lápis proibido.../ Bem haja a mão que te criou!/ Olhos montados no teu selim/ pedalei, atravessei e viagei para além de mim. Foi escrito em Peniche! Beijo


De maggie a 18 de Outubro de 2005 às 20:21
Para quem não estava inspirado, até saíste com um texto que tem tudo a ver com o teu estado de espírito, ou então não! Também não interessa só vim espreitar a ver se não te estavas a "baldar ao trabalho", afinal de contas acho que não deves! Um beijão e força migo. :)


De Moon Girl a 18 de Outubro de 2005 às 19:02
Olá, gostei mt do teu blog e gostei mt do teu texto. Tens uma forma mt peculiar de escrever. Nota-se que consegues transcrever aquilo que sentes dentro de ti e isso é mt bom. Nunca deixes de lutar por aquilo que amas, porque a vida é uma só, portanto existe uma só possibilidade de fazeres as coisas que desejas. Por isso nunca desistas de seres feliz. Adorei o teu blog. bjs.


De Deusa a 18 de Outubro de 2005 às 18:56
A esperança se adquire. Chega-se à esperança através da verdade, pagando o preço de repetidos esforços e de uma longa paciência. Para encontrar a esperança é necessário ir além do desespero. Quando chegamos ao fim da noite, encontramos a aurora. (Georges Bernanos)

espero que me visites beijo


De tininha a 18 de Outubro de 2005 às 18:13
ola gostei mt do teu cantinho, e escreves mt bem, bjs


De kaldinhas a 18 de Outubro de 2005 às 18:12
Há muitas formas de fuga,aprecio quem o consegue fazer através da escrita e tua parece que consegues.Parabéns por isso.
Obg pela visita ao meu vale das flores.


De duvidasdeumgay a 18 de Outubro de 2005 às 15:32
De anjo e de louco todos temos um pouco... a frase é célebre e esse teu texto, evidencia o quanto carinhoso e quanta ternura tens dentro de ti. Adorei, simplesmente, adorei. Tens uma forma muito peculiar de escrever. Nota-se que és uma pessoa especial, com uma sensibilidade muito grande. Agora, nunca desistas, procura sempre a porta do teu sonho, procura sempre o modo de bater essas asas e voar. Aproveita o mundo e a vida, passamos por aqui num ápice e temos de aproveitar os momentos de felicidade que aparecem. Aproveita. Abraço forte, amigo!


De Pozinhos de Perlimpimpins a 18 de Outubro de 2005 às 15:08
Quando um anjinho como tu, se sente preso e não consegue abrir as asas e voar, deve fazer muita força e olhar para dentro de si. Aí encontrarás a asas e as palavras que te permitirão então, voar em plenitude, como tu mereces. Beijos Mágicos


De Abel Tom a 18 de Outubro de 2005 às 01:43
Grande Anjinho! Gostei do teu Blog e da maneira com que te expressas. Obrigado pela visita que me fizeste. Os apoios são sempre bem vindos: continua tu também, sempre que puder virei visitar-te.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds