Terça-feira, 18 de Outubro de 2005

Não há fuga


         Não há fuga, sinto-me fechado entre quatro paredes nem janelas, só uma porta tão pequena que nem sei como por ali passei. Vejo uma luz debaixo da porta, é forte, aproximo-me e sinto um ar fresco, vindo de lá de fora.


         Ouço passos, será que me vêm buscar? Não, passaram sempre. Ouço muito burburinho lá fora, é inquietante.


         Decido então bater na porta e pedir socorro mas quando lá chego simplesmente perco as forças e quando tento gritar, não me saem palavras por aquela boca seca.


 


         Agarro numa folha de um bloco de apontamento e num lápis e decido escrever, é algo que me faz soltar e talvez me dê força para conquistar a minha liberdade, neste mundo. O pior é que não consigo, não consigo escrever! Já não me consigo expressar naqueles páginas mas não vou desistir, vou lutar até ao fim porque é a escrever que ganho asas e a força que preciso para bater asas, derrubar esta porta e sair voando deste frio mundo de quatro paredes…Não há (outra) fuga!!!

publicado por R.M. às 00:52
link do post | comentar | favorito
|
29 comentários:
De Ana Luar a 20 de Outubro de 2005 às 08:27
Se dizes que nao consegues escrever e depois constrois um texto destes...aiiiiiiii que acontecerá quando estiveres inspirado?????? nem quero imaginar.hoje decidi homenagear o teu blog no meu..com a tua frase de entrada...depois passa para veres...beijoooo


De Rua dos Nomes a 20 de Outubro de 2005 às 08:18
Este espaço está bem lindo. Os escritos estão bem conseguidos e a forma como te expressas é bastante significativa e cheia de uma profundidade incrível. Gostei muito do que li, voltarei sempre que me seja possível. Um abraço deixando-te os meus parabéns pelo teu excelente trabalho e a Rua dos Nomes guardará sempre o teu.


De boxexas a 19 de Outubro de 2005 às 20:56
Olá Anjinho. Parece que te sentes sufocado, desmotivado, sem inspiração, num recolher de asas que sabes que existe em ti. Todos temos estes momentos de sufoco, mas nunca percas essa tua esperança de te libertares, de sentires que o nascer de um novo dia, é a possibilidade de abrires as tuas asas, voares e renasceres!! ;-) Beijos enormes e sorri, tá? * * * *


De Doryanne a 19 de Outubro de 2005 às 17:57
A vida é feitas de portas que se fecham e outras que se abrem e muitas vezes esquecemo-nos que existem as janelas, e muitas vezes ao espreitarmos pr estas pode vir a confiança ao depararmo-nos com a liberdade... ;)


De isa a 19 de Outubro de 2005 às 10:59
Lindo o teu texto!
" Talvez amanhã, o céu seja de um azul intenso, e um mundo diferente" Esperança.
beijo imenso


De GNM a 19 de Outubro de 2005 às 03:46
Como compreendo esta tua vontade de fugir para outro mundo...

Fica bem e continua a sorrir...

P.S: Como sempre gosto imenso da musica que toca por aqui...


De Vanilla a 18 de Outubro de 2005 às 23:45
Há dias em que me sinto assim, sufocada pela paredes que me rodeiam e só me apetece gritar e chorar...felizmente esses dias já lá vão, em que raro era o dia que não me deitava a chorar, tinha uma tristeza tão grande dentro de mim que passava despercebida perante tudo e todos, enfim...estou bastante mais animada agora, estou muito feliz por ter encontrada a pessoa que eu mais amo...deu rumo a minha vida =) Espero que tambem encontres o caminho para a tua felicidade. Bjinhoxx


De digoeu a 18 de Outubro de 2005 às 23:29
A escrita é uma amante fugidia e nómada, por vezes; outras, é o movimento da mão, vindo da alma, que traça o grito;outras ainda, é a errância do sentimento, sem projecto, persistindo na aflita busca de um espaço. Na crista das palavras agarramos pessoas, sonhos, vidas. Na crista das palavras... salvamo-nos!


De Rapariga Perdida a 18 de Outubro de 2005 às 22:32
a vida é feita de portas que temos que derrubar... que temos q lutar para podermos sair de onde elas nos prendem... temos de ser fortes! e pensar em coisas que nos dão luz e esperança oa coração!!! jokinhas


De Ana a 18 de Outubro de 2005 às 22:20
BOA escolha de música como sempre...
O teu post deixou-me preocupada. Escreve. Aparece. Beijinho******


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds