Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2005

Atado...

   Estou aqui sentado, vejo o mar. Ah! Que saudades tenho de estar ao pé do mar, já se passaram 6 anos desde o acidente que me colocou neste estado, preso a estas duas rodas que me limitam a estar no meu quarto. Eu antes gostava muito de passear, dar uma volta de carro, trabalhar, tanta coisa que eu podia fazer e que hoje não posso.


Hoje não passo de um impecilo à vida das pessoas, condiciono sempre a vida de quem está a viver comigo. Preciso de ajuda para ir à casa de banho, para tomar banho, para deitarem-me na cama e para me levantarem também, preciso de ajuda para vestir-me... esta mágoa que me consome, destroí o meu coração! Doí muito não poder assistir ao crescimento dos meus filhos, não podes jogar futebol com eles, não poder ir com eles onde eu quiser.


Daqui a pouco tenho que ir para a clínica de novo, vou fazer uma nova operação, será que vale a pena!? Valerá a pena ficar pior do que já estou!? Não, é impossível ficar pior!


...


Estou deitado na cama da clínica e levam-me para a sala de operações, pelo caminho encontro a minha mulher e os meus filhos.


- Amo-te muito pai! - Dizem eles.


- Eu também vos amo, o pai vai ficar bem. Cuidem da vossa mãe!


E lá fui eu, rumo a um destino incerto!


A operação acabou e agora resta aguardar pacientemente até que possa surtir efeito, e aguardar é o que tenho feito ao longo destes 6 longos e penosos anos.


Passaram 7 meses e começo a fazer fisioterapia e dois meses mais tarde dou o meu primeiro passo! É muito bom poder voltar a descobrir o Mundo, caminhar pelos meus próprios pés!


 


A todas as pessoas, que tenham um problema deste género, por favor não percam a esperança! E mesmo que o melhor não se proporcione, por favor não desespere as pessoas gostam de si como é!!!

publicado por R.M. às 22:37
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De catia a 20 de Janeiro de 2005 às 22:12
Por maior k o mal pareça ñ devemos perder a esperança, se perdemos a esperança perdemos tudo...
jinhos


De jos M a 18 de Janeiro de 2005 às 14:20
è o bonito o testo è preciso ter forças para viver e algo mais ,essa pessoa que era normal e no momento ficar parado isso doi a todos mas depois com a força ele conseguio andar isso se chama força de viver ter amor a propria vida a luta lhe deu muita força
ok gostei força ctg


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds