Sábado, 12 de Novembro de 2005

Deixo-te escolher...

sozinho.jpg</a>


         Quem disse que o tempo era o melhor para tudo?


Pois é, o tempo nem sempre consegue aquilo que aguardamos. Por isso, e hoje, passados alguns anos de te ter perdido, continuo sentindo que te estou perdendo. Deves estar a perguntar porquê? Pois olha, nem eu sei! Nem sei o que se passa comigo, é tudo muito estranho, sentir de novo toda esta situação que me faz perder os sentidos, ao contrário do que se possa achar, assusta-me. Assusta-me pensar que quero-te, desejo-te e anseio por partilhar momentos a dois, os nossos momentos; a nossa vida.


Mas temo, ainda mais o facto deste querer não ser uma doce sinfonia partilhada a dois, sendo assim fruto da minha imaginação e que me venha a magoar.


Quero-te! Mas tal como te conheci…

publicado por R.M. às 01:32
link do post | comentar | favorito
|
29 comentários:
De Ana Luar a 15 de Novembro de 2005 às 09:28
O tempo só não cicatriza o que o nosso coração não permite. Se o tempo não curasse a dor Ruben, achas que valeria a pena viver????????????
O tempo cura meu amigo...acredita em mim meu querido que já passei umas quantas e boas daquelas que deixam cicatrizes profundas. Se o tempo cicatriza a dor de uma mãe que perde um filho...achas que não cicatriza a de um amor??
A mágoa pode lá ficar mas a dor o tempo encarrega-se de levar. Outros amores virão kidinho, e o mesmo dirás de todos eles. O uqe te faz falar assim é a dor, a amargura, o sabor do desespero. Sentiste o paladar do sofrimento meu doce...e isso faz o coração dizer tolices pk nem sempre o coração acerta.Tu ainda vais ser muito feliz e o facto de uma rosa te picar não vai fazer com que deixes de cheirar as restantes.


De oteudoceolhar a 14 de Novembro de 2005 às 12:09
É sempre tão facil dizer que o tempo tudo cura...é tão facil aconselhar...só quem passa pelas coisas é sabe como é...cada vez mais dúvido do tempo. Cheguei ao tel blog através de outro blog onde estava o teu link...espero que não leves a mal em ter colocado o teu link no meu blog. Voltarei, gosto das tuas palavras *** Beijo ***


De Someone in this world a 14 de Novembro de 2005 às 11:53
Adorei esse texto... faz-me recordar algo pelo qual já passei =) continua assim... vou linkar o teu blog no meu ;) bjs


De eugenia a 14 de Novembro de 2005 às 11:49
Um texto muito sentido e belíssimo. Adorei. Um abraço.


De Kiki Abdul a 14 de Novembro de 2005 às 11:30
Sorrir é amar, É dedicar-se aos momentos felizes da vida. Por isso num momento triste lembra-te de um sorriso. A amizade por mais curta que seja, nunca é esquecida. Pois o amor não morre Ele dorme para acordar mais lindo que nunca. Por isso nunca desanimes!!!


De Kiki Abdul a 14 de Novembro de 2005 às 11:08
Adorei seu espaço, parabéns!!!


De Malae a 14 de Novembro de 2005 às 01:09
O tempo.... parece que teima em deixar a marca daquela recordação que não desaparece da pele nem da alma! Voltar atrás... parar o relógio! Agarrar aquele amor que não passa! Exactamente como ele era...

Como te percebo!

Um beijinho grande.
Malae**********


De Maria Papoila a 13 de Novembro de 2005 às 16:35
Ai a saudade eo medo! Este medo constante de nos magoarmos! "...fazer, ferindo uma surdez feroz, sabemo-lo com a tristeza de estarmos quase sós..."Porquê o medo? O pensamento continua! Beijo


De Fallen Angel a 13 de Novembro de 2005 às 12:31
Sei perfeitamente o que é querer alguém para nós e pensarmos que ainda a temos, quando já não a temos, por vários anos. Sonhar com os momentos que vivemos e que poderiamos ter vivido juntos. Nada acontece porque queremos, mas sim porque as coisas têm que ser como elas são, por mais que elas nos custe a aceitar ou nunca as aceitemos.
Apenas temos que ter forças e olhar para a frente, por mais que nos custe. Um grande beijinho com muito carinho e muitos Sonhos Encantados.


De Carlos a 13 de Novembro de 2005 às 10:34
Saudade
Gilka Machado

De quem é esta saudade
que meus silêncios invade,
que de tão longe me vem?


De quem é esta saudade,
de quem?


Aquelas mãos só carícias,
Aqueles olhos de apelo,
aqueles lábios-desejo...


E estes dedos engelhados,
e este olhar de vã procura,
e esta boca sem um beijo...


De quem é esta saudade
que sinto quando me vejo?


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Para não perder o Blog

. Fim

. (Re)Escrever o Verbo Amar

. Deixo-te escolher...

. Olhar

. Xeque-Mate da vida...

. Noite...

. Sonho

. Anjo das Asas Negras

. Não há fuga

.arquivos

. Agosto 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds